Muitos especialistas em organização pessoal defendem a importância de registar o que há a fazer no dia-a-dia em vez de confiarmos que a vozinha na nossa cabeça nos lembre do que há a fazer. A grande questão que muitas vezes me colocam é se devemos usar uma solução digital ou um caderno. A resposta é “depende”. Depende das necessidades, da necessidade de mobilidade, de preferências pessoais. Muita gente tem um gosto especial em riscar uma tarefa no papel e não o consegue sentir quando o faz no computador.

Por outro lado, o uso do caderno e/ou agenda em papel apresenta desafios como por vezes andar a copiar informação de um lado para o outro, ser difícil de encontrar informação e organizá-la, gerir o momento em que o caderno acaba e gerir compromissos e tarefas a longo prazo.

Hoje proponho uma solução que, se gosta de papel, se pode se tornar o seu melhor amigo para registar as suas notas, agenda e registar o que há para fazer no dia-a-dia. Pessoalmente tenho sempre um caderno com uma folha por dia onde vou apontado pequenas coisas que preciso de registar.

Hoje apresento-lhe o caderno ideal (que eu encontrei até agora)

Trata-se de um sistema/caderno comercializado […]