“Quero ser mais paciente e ouvir os outros”.

“Quero estar mais focado”.

“Gostava mesmo de me sentir tranquilo”.

“Quero fazer mais pausas ao longo do dia.”

“Quero estar mais consciente”.

“Quero beber mais água”.

Quero, gostava…e o dia passa e não fazemos!

Isso é muito natural porque na maior parte das vezes é difícil contrariar o piloto automático. Muitas vezes a dificuldade extra é que nos esquecemos destes nossos objetivos.

Tenho uma sugestão para si: crie uma frase ou palavra que o lembre do que deseja e defina-a como palavra passe para aceder ao seu computador. Assim, cada vez que se ligar vai-se lembrar. Quantas mais vezes se desligar e ligar (e basicamente se não o faz, devia sempre que sai de perto do seu computador), mais se vai lembrar.

Se achar que esse tipo de palavra passe é fraco porque tem de ter muitos números e símbolos esquisitos, descubra quantos anos são necessários para descobrir a sua palavra passe neste site.